<BODY><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d19719256\x26blogName\x3dT%C3%B4+Feliz+da+Vida+!!!\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://tofelizdavida.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://tofelizdavida.blogspot.com/\x26vt\x3d-4380976838915815081', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
05 junho, 2006






04 de Junho: Dia Mundial Contra a Agressão Infantil
QUEM SEGURA ESTA?

Da Declaração Universal dos Direitos das Crianças, 1948:
A criança não deve ser abandonada, espancada ou explorada, não deve trabalhar quando isto atrapalhar sua educação, saúde e seu desenvolvimento físico, mental ou moral.

Meio século depois da Declaração acima, os números falam: continua a violência contra crianças no Brasil. Veja os números de 1998, segundo a Pastoral da Criança da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil):

=> Casos de violência: 15 milhões 500 mil
=> Casos notificados: 3 milhões 100 mil
=> Gastos para atender vítimas de abuso sexual e espancamentos: 14 bilhões de dólares
=> Bebês de até 12 meses mortos por queimadura, estupro, baleados ou asfixiados, só na capital paulista: 10

A maioria fica impune, porque geralmente quem agride são os próprios pais.


5 de Junho: Dia Mundial do Meio Ambiente
SE NÃO CUIDARMOS DELE, QUEM CUIDARÁ DE NÓS?
por Haroldo Palo Jr.

Já fizemos de tudo para destruir o equilíbrio ambiental. Estamos conseguindo. Planeta é palavra grandiosa demais para descrever a esfera de rocha protegida por tênue camada de gases – camada frágil e transparente, mas sem ela não haveria vida por aqui.

Poucos se deram conta de que somos passageiros numa nave espacial sem destino. Viajamos pelo espaço acompanhando uma estrela, de quinta grandeza, em torno de uma galáxia que contém 400 bilhões de outras estrelas, maiores e menores que a nossa. Para não tornar a viagem muito monótona, este valente planeta faz malabarismos (rotação, translação, precessão), criando dias e noites, semanas, meses, anos, séculos, milênios.

Mas esta contagem de tempo pode ser interrompida para muitos de nós, se não lembrarmos de cuidar de uma coisa simples, básica, primordial: o meio ambiente onde vivemos. Segundo Albert Einstein, “meio ambiente é tudo o que não sou eu”. O mesmo empenho com que cuidamos de nós mesmos, devemos ter ao cuidar do meio ambiente. Ele é o complemento de nós.


FONTE: ALMANAQUE BRASIL





| Comente no Blogger: 3 | 9:57 AM