<BODY><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d19719256\x26blogName\x3dT%C3%B4+Feliz+da+Vida+!!!\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://tofelizdavida.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://tofelizdavida.blogspot.com/\x26vt\x3d-4380976838915815081', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
16 agosto, 2006




15 de Agosto de 2006.
- Ascensão de Nossa Senhora
- Dia da Informática
- Dia do Solteiro

Pessoal, ontem foi feriado em BH, consequentemente, essa pessoa que vos escreve, estava de folga. E eu não poderia deixar passar em branco uma data tão interessante quanto à de ontem, dia do Solteiro. Eis que fiz um post com todo carinho para vocês ...

Vou apresentar dois grandes amigos dos solteiros convictos: O Vibrador e a Camisinha.

Alguém sabe me dizer como inventaram o vibrador ?

Os cinco primeiros aparelhos elétricos a serem inventados no mundo:
1º. Foi a maquina de costura em 1889
2º. O ventilador elétrico em 1899
3º. A chaleira elétrica
4º. A torradeira
5º. O vibrador

O vibrador foi o primeiro objeto de uso pessoal a ser introduzido em casa. Precedendo o secador de cabelos. As propagandas dos vibradores eram ótimas. Elas eram feitas em revistas e carregavam o slogan "A ajuda que toda mulher aprecia" . O vibrador elétrico foi inventado em 1883. Sua utilização era para tratamentos em pacientes a fim de aliviar sintomas de doenças não identificadas na época. A sensação de orgasmo que o vibrador provocava deixava a mulher mais satisfeita e tranqüila. Como mencionado em escritos da época, provocava uma histeria induzida a qual a paciente sentia-se melhor logo após.(Entenda histeria como o resultado do orgasmo) Não há provas de que os médicos gostavam do que faziam, ou seja, masturbar suas pacientes, e considera-se que provavelmente não apreciavam isso. Eles tinham que massagear os genitais de suas pacientes o dia inteiro para que elas pudessem chegar ao orgasmo. Algumas mulheres não eram bonitas e isso se tornava algo cansativo. O vibrador acelerou o processo, porque em apenas 10 minutos, com o aparelho, levavam as pacientes a sensações mais intensas. Os preços dos vibradores se popularizaram e as pessoas não procuravam mais os médicos (ou masturbadores) para alcançar seu orgasmo, conseguindo assim uma independência maior. Naquela época, era importante parecer respeitoso. Você não precisava ser respeitoso, mas sim parecer. Falava-se de monogamia, castidade, coisas assim. As mulheres não eram progressistas em relação a sexo. Por tal motivo havia necessidades de apresentar um bom apelo para a venda do produto que era apresentado como "bom para a saúde". Muitas mulheres sabiam para que servia o vibrador, outras não, mas pensavam "parece bom, vou experimentar" Os médicos abandonaram o uso do vibrador em seus consultórios quando eles começaram a aparecer em filmes pornôs, por volta do anos 20. Com isso ficou impossível camuflar o fato de que era um dispositivo de uso genital. No fim dos anos 60, quando estudos revelaram a importância do orgasmo pela estimulação direta no clitóris, o vibrador se popularizou como um aparelho sexual fundamental para a mulher nos E.U.A. No Brasil, devido a preconceitos e um forte controle da censura, principalmente pela dominação religiosa, o fato foi escondido e as pessoas não tiveram acesso a tais informações, carregando dentro de si uma imagem muito perversa deste pequeno acessório feminino. Até os dias atuais o fato não é bem divulgado e as pessoas mantém o conceito de masturbação feminina e estimulação clitoriana como algo errado.

Charles Rojtenberg - Pós Graduado e Mestre em Sexologia - UGF – RJ

A verdade sobre a camisinha

Entrevistas foram realizadas com frases do tipo "camisinha nele", "proteja-se contra a AIDS", "sexo seguro sem camisinha não existe" e muitas outras que nem vale a pena mencionar. O fato é que está acontecendo um grande engano com tudo isso. É claro que a camisinha é importante para prevenção de muitos fatores como:



1) Gravidez indesejada
2) Algumas DST´s
3) Auxilia na resposta da ejaculação precoce.

Mas dizer frases do tipo "faça sexo seguro use camisinha" é um erro! A camisinha é um fator de proteção, mas não é tudo. A maior proteção para as DSTs e AIDS são as suas seleções de parceiros(as), e mesmo assim podem estar equivocadas. AIDS não tem cara, qualquer um pode ter. Um cara forte e belo, uma mulher atraente pode estar com o vírus, ser portador, passar para todos e não sofrer com o vírus. Além do mais, para saber se há contaminação ou não são necessários 3 meses de abstinência sexual entre as relações sexuais. Traduzindo, você teria uma relação sexual, ficaria 3 meses sem ter outra relação, faria o teste e somente então teria certeza de estar contaminado ou não. Por que tudo isso? simples, porque o vírus fica sem aparecer em exames por 3 meses. Quer se proteger da AIDS ? Só existe uma maneira. Não faça sexo! Atualmente sexo é risco. A única postura que podemos ter é reduzir os riscos, reduzir a promiscuidade, ser fiel a um parceiro(a), não usar drogas injetáveis com seringas compartilhadas e mesmo assim ainda estaremos sujeitos a contaminação. Basta um acidente de trânsito e um sangue doado de forma equivocada para se pegar o vírus..... As propagandas que estão na mídia apenas iludem e enganam as pessoas. Alega-se que se você usar a camisinha estará seguro. Não acredite nisso! É como se dissessem: "- Está de camisinha? então fique tranqüilo, você não corre riscos". É claro que corre riscos sim! O ato sexual não é somente o pênis dentro da vagina ou do ânus, pois envolve muitos outros fatores como troca de secreções ( sexo oral, beijos), arranhões, carícias intimas e outros pequenos acidentes ou lacerações, principalmente por quem gosta de uma prática sexual mais "forte". Qualquer situação pode ser uma via de transmissão, não somente o pênis ejaculando. Costumo observar que as prostitutas ou até mesmo as meninas fazem sexo oral e somente na hora de penetrar usam a camisinha. Um erro! Sexo oral pode transmitir o vírus. O certo seria fazer sexo oral com proteção o tempo todo e não somente na hora de penetrar.. Portanto, tome muito cuidado, mesmo de camisinha. Não acredite que está 100% seguro se estiver usando uma. Você está simplesmente diminuindo a probabilidade de contaminação, que é bem diferente de dizer que você está evitando ser contaminado. Não acredite em tudo que se coloca na mídia, lembre-se que por trás de tudo isso existem indústrias os governos que ganham dinheiro com isso; eles querem vender os seus produtos como única forma de estar seguro. Lembre-se que a camisinha é um produto. Tenha consciência. Use camisinha sim, em todas as relações. Se com ela você corre riscos, imagine sem ela. Mas não seja promíscuo em sua vida sexual e faça sexo com consciência, que é bem diferente de fazer sexo seguro. Não existe sexo seguro hoje em dia! Não deixe de viver sua vida sexual por isso também, apenas conscientize-se, leia, estude, procure se informar. Infelizmente hoje em dia não podemos ter uma vida sexual "livre", e somos obrigados a abandonar algumas práticas perigosas a nossa vida, principalmente se não temos um parceiro ou parceira fixa.

Por Prof. Charles Rojtenberg Pós-graduado e Mestre em Sexologia -UGF-RJ Professor da ULBRA e das Faculdades OBJETIVO - Manaus


Mudando de assunto ...



TIPOS DE SOLTEIROS
1. Solteiros por Opção própria: conseguem ser felizes sem ter a necessidade de estarem namorando e apaixonadas. Tem esperança de encontrar a sua cara metade, mas sua felicidade não está condicionada a uma outra pessoa.

2. Solteiros por Opção dos outros: extremamente chatos, parece cão bravo, só falta a plaquinha "mantenha distância", nem mesmo um outro solteiro igual a ele consegue agüentar, para ajudar geralmente essas pessoas são feias também, se não foi por nascença se transformou com sua chatice.

3. Solteiros por decepção: até eram pessoas puras, porém levaram tantos tombos que agora estão desiludidos da vida e não acreditam mais em amor. Se você está procurando um namorado, fique longe desse tipo, pois eles não lhe darão confiança.

4. Solteiros por assuntos mal resolvidos: são pessoas que estão ligadas emocionalmente a um relacionamento passado, portanto há menos energia para dedicar a um novo relacionamento. Enquanto ela ainda estiver ligada ao passado não vai conseguir pensar no futuro.

5. Solteiros por falta de opção: são pessoas legais, mas o menu que o mercado tem lhe oferecido não lhe agrada, e quando o cupido do amor lhe pergunta "o que deseja?", ele responde: "por enquanto nada, estou só olhando".

6. Solteiros Inconscientes: namoram socialmente. Na verdade não existe mais amor, mas essa pessoa tem tanto medo de ficar sozinha, que prefere manter um relacionamento de mentira. Na pratica está solteira, mas na teoria ganha o título de namorada(o).

7. Solteiros por falta de tempo: trabalham e estudam tanto que não tem tempo para se divertir e paquerar. Sua mente está tão direcionada a outros assuntos que não conseguem enxergar um mundo fora de seu mundinho.

8. Solteiros de radar: possuem um radar que fotografa todas as possibilidades no mundo a sua volta, esse radar foi tão bem desenvolvido, que lhe dá agilidade para manter um monte de casos ao mesmo tempo. Cuidado! Esse tipo pode ter um relacionamento com sua(seu) amiga(o) sem você perceber.

9. Solteiros por tentativas fracassadas: já levaram tantos tombos que a maioria deles já perderam a perna ou são mancos. Se dedicam em todos os relacionamentos que começam, tentam várias vezes e sempre fracassam.

10. Solteiros por curtição: geralmente são jovens ou acabaram de terminar um namoro que já estavam de saco cheio. Não querem assumir nenhum compromisso sério, querem apenas curtir, curtir, curtir e curtir mais ainda.




| Comente no Blogger: 1 | 11:13 AM