<BODY><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d19719256\x26blogName\x3dT%C3%B4+Feliz+da+Vida+!!!\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://tofelizdavida.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://tofelizdavida.blogspot.com/\x26vt\x3d-4380976838915815081', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
17 outubro, 2006


Escrever certo





Uma campanha SUPER Textos


Site: http://www.supertextos.com/index.php

Preocupado com o futuro da língua portuguesa - em uma tentativa de conscientização das pessoas - o SUPER Textos lança a campanha "Eu tento escrever certo". Esta campanha visa lembrar as pessoas da necessidade de uma escrita correta, ou, como o próprio título sugere, da importância de, pelo menos, tentar escrever da forma mais correta possível.

Com o surgimento da internet, e mais especificamente com o surgimento dos bate-papos virtuais, muitas pessoas ficam horas por dia conversando (ou melhor, teclando) com outras pessoas ao redor do mundo. Para facilitar e agilizar essa conversa eletrônica, acabaram por inventar abreviações de palavras, como é o caso de "hj" para "hoje", "tb" para "também", "qdo" para "quando" e o já clássico "vc" para "você". Além disso, as palavras começaram a ganhar formas estranhas e até horrendas, na intenção de já transmitir algum sentimento ou alguma forma de expressão junto à frase. Então, é normal encontrarmos em uma conversa alguém falando "Pq vc tá axim?" ou ainda "Sabi c vai t fexta hj?".

Além destes erros propositais, é incrivelmente normal encontrarmos pessoas teclando coisas tenebrosas como: "derepente", "agente" (no sentido de "a gente") e até mesmo "conserteza". Tudo isso e nem olhamos para uma gramática, ficamos apenas no dicionário.

Então se pode perguntar: "será que essas pessoas são semi-analfabetas?", "será que não tiveram ensino básico apropriado?". Tudo bem, todo mundo sabe que a educação no Brasil, pra boa, falta muito, mas supondo que 99% das pessoas que entram na internet são pessoas que tiveram algum tipo de escolaridade, não é admissível que haja tantos erros escandalosos.

Então, de onde surgiu tanta barbárie? Tem gente que vai dizer que abreviações poupam tempo e teclas. Concordo, mas desde que sejam abreviações racionais e não trocar um "assim" por um "aXim". Alguém discorda disso? Existem até "abreviações" fenomenais que aumentam o número de letras em uma palavra, como o "naum" usado no lugar do "não" ou até o uso inapropriado do "mais" no lugar de "mas".

O que tudo isso significa? Significa que a comodidade da internet e da tecnologia está fazendo as pessoas esquecerem que um dia tiveram o famoso "ditado" em suas salas de aula, onde o aluno tem que escrever de forma correta (e valendo nota) as palavras ditadas pelos professores.

O pior pode ainda estar por vir, pois como a internet aqui no Brasil é praticamente uma criança de 10 anos, muitos de nós passamos por, pelo menos, nosso Primeiro Grau, ou melhor, nosso Ensino Fundamental sem cairmos no vício dessa "nova linguagem". O que será, então, de nossos filhos. Crianças modernas já nascem teclando. Será que elas não terão problemas no futuro? Todos (com raras exceções) temos dúvidas ao necessitarmos escrever um texto, uma redação, um artigo, inteiramente correto. Imaginem, então, qual será as dificuldades que esses (ainda pequenos) seres enfrentarão num futuro próximo. Se você não se importa em escrever errado, pelo menos pense nas crianças.

Mas esta campanha não deseja que cada internauta tenha um dicionário e uma gramática do lado do computador. Não estamos dizendo que as pessoas que escrevem "axim" estão erradas em fazê-lo, afinal, cada um sabe o que é melhor pra si. O que esta campanha procura é incentivar a tentativa de uma escrita correta.

Então vamos lá, faça a sua parte. Comece tentando em seu Blog, em seu site, em seus e-mails, em seu Messenger, em seus bate-papos. Além disso incentive as pessoas. Faça-as tentar escrever de forma correta.

Tenho certeza de que este texto não está completamente correto, ainda mais se o analisarmos gramaticalmente, mas não é este o objetivo, afinal, eu tento escrever certo.

Você procura escrever corretamente no seu blog ou site? Entre para a campanha usando o banner:

Site: http://www.supertextos.com/index.php





| Comente no Blogger: 0 | 2:10 PM