<BODY><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d19719256\x26blogName\x3dT%C3%B4+Feliz+da+Vida+!!!\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://tofelizdavida.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://tofelizdavida.blogspot.com/\x26vt\x3d-4380976838915815081', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
10 novembro, 2006


A Vida ...





O FLERTE . . .

Quando ele é todo cheio de gentilezas, abre a porta do carro, acende seu cigarro, deixa que você escolha o prato do jantar, acaricia sua mão quando fala com você... Isto é um flerte. Este relacionamento só tem vantagens. Ele chama você para sair, é super-legal, teatro, um ótimo restaurante, enfim, você encontrou um cara que sabe conversar. Ele tenta avançar nas carícias, você não deixa, ele pede desculpas, você deixa.

Depois dos primeiro amassos, isso já vira um ...

. . . UM CASO ! ! !

Grande estágio! Começa a rolar um sexozinho, mas só depois de algum tempinho, porque você não vai dar mole, tem que mostrar pra ele que você é diferente das outras que ele já conheceu. Ele telefona pra você todo dia, manda e-mail com cartão virtual e com algumas sacanagenzinhas bem leves. Isso significa que vocês têm um relacionamento. Se durar mais de um mês, pronto, já é um ...

. . . NAMORO ???

O que significa um namoro ?
Contrato de exclusividade, claro. Isso significa que você não vai poder mais olhar pra homem nenhum, só se for bicha.
Se o Mel Gibson passar do seu lado, você terá que olhar pra ele como você olha pro seu bisavô. Ele já não vai te ligar todo dia. Embora implique com todos os seus amigos e amigas, ele vai querer manter a mesma rotina dele de solteiro: futebol 2a, 4a e 6a, cerveja e futebol 3a e 5a, churrasco e futebol sábado. Você vai ter que dar um chega-pra-lá naquele bando de galinhas que trabalham com ele no escritório, que ficam se esfregando nele na sua frente e ele nem tchuns. Nessa fase, você está apaixonada e tende a aceitar tudo o que ele te fala, mesmo que não seja certo. Você começa a viver em função dele. Você só faz as coisas que você quer se ele tiver outra coisa pra fazer; de outro modo, tudo gravita em torno dele.

Aniversário do sobrinho, batizado da sobrinha, almoço de domingo na casa da mãe dele... É Fogo! Aí, aquele deus maravilhoso, homem da sua vida, gostoso e desejado, começa a botar as manguinhas de for discretamente. Sabe aquele pretinho com decote nas costas igual ao que você usou no primeiro encontro e que deixou ele louco? Agora é assim: "Você vai sair com esse vestido curto? Põe aquele preto que vai até o tornozelo porque ele te deixa mais elegante..." Você queria usar o outro, mas troca de roupa.
O tempo vai passando (dois anos) e ele nem toca no assunto casamento.

Depois de insistências, de terminar oito vezes e aceitar ele de volta porque estava virando um trapo, a vida dele sem você não é nada, você é a mulher da vida dele, aquela com quem ele quer montar uma família e comprar uma chácara em Jundiaí, enfim, depois disso ele se decide.
Vocês então irão ver móveis, alugar um apartamento, o buffet, etc. Então, já está num...

. . . NOIVADO !!!

Churrasco e troca de alianças. Você é uma mulher comprometida com ele, com Deus e, o que é pior, com a família dele. Se não casar fica com fama de "burra, idiota", imagine, desperdiçando um partido desses, honesto, trabalhador, sem vícios, de família", "no mercado não está sobrando homem", "fica com ele porque ele te quer", "só falta agora querer voltar com aquele vagabundo com quem você namorou um ano e meio, aquele sem-vergonha que vive torrando dinheiro nas melhores boates, restaurantes e viagens pela Europa". Você é uma babaca. Nesse momento do relacionamento, aquele cara que você conheceu e que se vestia só com Crawford e Hugo Boss, hoje sai com você vestindo a camisa da Gaviões da File, Carnaval 96, e acha que tá bom demais. Daí, se você chegou até aqui e nunca achou nada errado

. . . CASAMENTO !!!

Você casou. Um sonho de infância que se torna realidade. Muito bom, vida a dois, estável, só se preocupando em trabalhar durante o dia e cuidar da casa à noite e no fim de semana. No começo, café da manhã a dois com suquinhos, queijinhos, geleinhas... Vai passando o tempo, só um copinho de leite.
Mais tarde, nem um cafezinho porque o despertador não tocou e você não fez o favor de acordá-lo. Além do controle total, né? Sabe aquele pretinho com decote nas costas e fenda lateral que custou os olhos da cara e que você comprou pra fazer uma surpresa pra ele?
"Mulher minha não usa uma coisa dessas" Ou pior, "você não acha que já não tem mais idade pra usar um vestido desses?" Ou pior ainda, "ele te deixa gorda". Muito bem, mas...

E quanto ao SEXO? É, fofa, o sexo cai barbaramente. É Aquele tal negócio, "mas justo hoje que tem a final da 6ª divisão de futebol juniores, SAAD X Tambaú"? Nem parece aquele tarado com quem você namorava, lembra? Transavam no carro, na escada do seu prédio, no acampamento, em qualquer lugar. Ele era tesão em estado bruto. Agora, acomodou.

Quando foi a última vez que ele te mandou flores, com um cartão dizendo que você foi maravilhosa na noite anterior? Nem lembra, né? Pois é, agora é tarde.

Marcadores:





| Comente no Blogger: 0 | 9:00 AM